NOVO SITE DO PMM/NEW SITE | INICIO / HOME | APRESENTAÇÃO | O AUTOR | LOGOTIPO | MACAU | O MACAENSE | GUIA MUSICAL | R A E M | IMAGENS DALUZ | LIVRO DE VISITAS | E.MAIL | LINKS | PAPEL DE PAREDE/WALLPAPER

Mia, a conselheira mais votada

O "VÊ" DA VITÓRIA
site.eleicoes.6.mia.rogerio.jpg
MIA COMEMORA O SEU RECORDE DE VOTOS NA HISTÓRIA DA CASA NOS CONSELHOS

 
 
 

 

ELEIÇÕES NA CASA DE MACAU DE SÃO PAULO

 

MIA, UMA BRASILEIRA. FOI O DESTAQUE

 

 

Sem muita pretensão, a brasileira Maria Inês Anastácio da Luz, mais conhecida por Mia, inscreveu-se para o cargo de conselheira fiscal, afinal, era preciso que alguém preenchesse a terceira e última vaga, pois somente tinham 2 candidatos para o Conselho Fiscal nas eleições da Casa de Macau ocorridas no dia 5 de Março.

Sentia-se amparada para desempenhar a função, pelo Curso Técnico de Contabilidade que tem e pela experiência na área financeira de uma multinacional de produtos alimentícios de renome.

O que parecia um contribuição como associada, acabou tornando-a numa espécie de estrela das eleições, ao entrar na história da Casa de Macau, como a conselheira mais votada nos 16 anos da sua existência.

“Foram 95 votos muito suados, um trabalho de corpo-a-corpo no próprio dia das eleições”, dizia a Mia.  “Conversei com quase todos os 240 eleitores.  Senti solidariedade das mulheres pelo facto de ser mulher”. Foi o que ela qualificou de “campanha de um dia”.

Esse esforço pessoal até provocou situações engraçadas com muita descontração, quando  foi pedir votos aos próprios candidatos concorrentes às vagas de conselheiros fiscais.  “Se a tua esposa irá votar em você, então, não custa nada você votar em mim”.  Assim, Rui Branco, um dos candidatos, teve que ouvir da sua concorrente, o que provocou muitos risos de ambos, descontraindo o ambiente.

Vestindo uma camiseta comprada em Macau com a estampa das Ruínas de São Paulo, a brasileira Mia se diz “macaense naturalizada pelo amor que tem por Macau”, tendo participado de 4 Encontros das Comunidades Macaenses e vive na expectativa do próximo no ano de 2007.  “Se pudesse, moraria em Macau” afirmava.

Ao anúncio pelo Presidente da Mesa dos 95 votos obtidos, pulou de alegria aos gritos, sendo efusivamente cumprimentada por todos. Dizia-se recompensada pela campanha realizada.

Planos para o futuro?  A Mia, discreta, pensa primeiro em dar o seu contributo  pelo seu cargo, como já vem fazendo para a Casa em outra atividade, porém lembra,  “a mulher tem que marcar mais a sua presença.  Até penso que nas próximas eleições, deva existir uma Lista de mulheres, bem como, os Estatutos devem ser alterados e disso estou de acordo com a nova e atual diretoria, para serem mais abrangentes”. Complementava ao afirmar, “os homens devem ceder o seu espaço às mulheres e já percebi que alguns amigos apóiam essa iniciativa”.

Rogério P.D.Luz

* A Mia dedicou a sua conquista às mulheres, por ter sido obtida próximo ao Dia Internacional das Mulheres.

site.eleicoes.7.parte.cons.jpg
EM COMPANHIA DOS AMIGOS DOS CONSELHOS CONSULTIVO E FISCAL ELEITOS

"SUA MULHER VOTA EM VOCÊ E VOCÊ EM MIM, QUE TAL?"
site.eleicoes.mia.rui.jpg
EM AMBIENTE DESCONTRAÍDO, MIA PEDE VOTOS AO RUI BRANCO, OUTRO CANDIDATO AO MESMO CARGO