NOVO SITE DO PMM/NEW SITE | INICIO / HOME | APRESENTAÇÃO | O AUTOR | LOGOTIPO | MACAU | O MACAENSE | GUIA MUSICAL | R A E M | IMAGENS DALUZ | LIVRO DE VISITAS | E.MAIL | LINKS | PAPEL DE PAREDE/WALLPAPER

AQUI DO BRASIL - Agosto de 2008

FESTA DO DIA DOS PAIS E SEU CHÁ GORDO
10/Agosto/2008
um festival de gastronomia macaense
AS(OS) COLABORADORAS(ES)
acm.dp130.jpg
QUE PREPARARAM TODOS OS PETISCOS DO CHÁ GORDO

acm.dp133.jpg
(parte) da direção e colaboradores na organização da festa

O que era para ser uma comemoração do Dia dos Pais na Casa de Macau de São Paulo, no dia 10 de Agosto de 2008, acabou se transformando num festival de gastronomia macaense com o Chá Gordo, que foi a grande atração da festa.

Cerca de 170 pessoas, entre associados e convidados, atraídos pelo cardápio compareceram à festa, num número acima do habitual para o tipo de comemoração.

O Chá Gordo preparado por uma equipe de associados, a maioria mulheres, contou com diversos salgados e doces que mataram as saudades da terra.

Quanto à organização da festa, esta mereceu muitos elogios que até alguns a qualificaram de nível profissional, tal a forma de servir e a disposição da bancada, que até contou com uma mesa central com disposição do cardápio para as pessoas saberem qual o salgado e doce com o seu nome.

Como convidados especiais, a festa contou com a participação de dirigentes da Potash Corporation, de Chicago, EUA, tendo à frente o seu presidente da área de fertilizantes, Thomas Reagan e outro diretor, Paul Dekok.  Ambos, pelas doações financeiras pessoais que fizeram à Casa de Macau, foram homenageados com o título de Sócio Benemérito.  Antes, andaram a saborear as especialidades do Chá Gordo que muito os agradou. 

Revelaram-se também grandes apreciadores do cardápio, o diretor cultural da Casa dos Açores em São Paulo, Antonio Arruda acompanhado de familiares, bem como o representante da Associação Católica Koalting, o regente do seu côro, José Ferraz de Toledo, que se fez acompanhar da sua soprano. Ao final da festa, ambos convidaram o Coral da Casa de Macau, agora com nova denominação de Vozes de Macau, anunciada na festa , para apresentação nas suas associações.

Enquanto o público continuava a saborear os quitutes, com uma fartura nunca dantes visto, foi iniciada a programação da festa com a participação de jovens na saudação aos pais, quer por mensagens lidas como através da música. 

O presidente da Casa, Herculano Alexandre Airosa discursou e fez a outorga dos títulos aos visitantes americanos, agora sócios beneméritos. 

A programação ainda contou com a apresentação de diversas canções pelas Vozes de Macau, que mereceu uma atenção especial dos convidados que valeu aqueles convites, bem como um pronunciamento com elogios de Thomas Reagan que subiu ao palco para cumprimentar os seus integrantes e posar para fotos.

Depois, para terminar a festa, o presidente da Casa, Alex, acompanhado de Rigoberto Rosário/Api e Fernando Airosa, fizeram as suas apresentações  musicais.

Incentivada pela fundação em Macau da Confraria de Gastronomia Macaense,  a Casa de Macau de São Paulo tem desenvolvido atividades relacionadas, como aulas periódicas de culinária pelos associados e o Chá Gordo foi certamente idealizado, também com base neste esforço para preservar e divulgar este pedaço importante da cultura macaense. (Rogério P.D. Luz)

 

álbum com 88 fotos e legendas >
veja fotos dos pratos, as pessoas, a festa e programação
acm.dp16.102.jpg
a mesa de exposição mostrava o cardápio do Chá Gordo