A História de Todos Nós
PROJECTO MEMÓRIA MACAENSE

INÍCIO / HOME

OS MACAENSES | ESCOLAS | GALERIA DE ARTE | DATAS COMEMORATIVAS | LEMBRANÇAS DO MACAU ANTIGO | MACAU CONTEMPORRÂNEO | MACAU NO PASSADO | MACAU, ANTES E DEPOIS | FÓRUM E ESPAÇO ABERTO | CAFÉ RUBY | DEIXE A SUA MENSAGEM | LINKS | AGRADECIMENTOS | MACAENSES DO BRASIL | IMPRENSA

O Projecto Memória Macaense abre o seu espaço,  para contar a história dos Macaenses de São Paulo.  
Progressivamente, será inserida a história de cada um, contando as suas alegrias, tristezas, o sucesso e as dificuldades, as lembranças dos tempos em Macau ou da terra de origem, por suas próprias palavras ou por relatos de outros.

Quisera não ter esta Página, por não ter notícias tais como as publicadas.  Mas, é uma realidade, um processo natural da vida.  Torna-se assim, necessária, uma prestação de serviço á nossa gente.
Pelo menos no meio macaense de São Paulo, ouve-se constantemente frases como "estamos acabando aos poucos" ou "lá se foi mais um macaense".  Até a temível, especialmente nos velórios, "quem será o próximo".  Até diria, todos nós o seremos um dia.  É ser realista.
Por que estamos acabando?  Julgo que a maioria dos macaenses que visitam este site, devem ter nascido na "era pré-transição".  Isto caracteriza uma geração, sem tirar o mérito de o ser macaense, aqueles que nasceram na "era pós-transição". 
Acho que o macaense da "era pré-transição" entende bem o que falo, há um consenso sobre isto.  Assim, para um grupo de pessoas que não é mais "reposta", estamos realmente acabando aos poucos, até a extinção, que Deus queira e nos ouça, custe muito, muito, para chegar a este ponto. É difícil tocar no assunto, em público, mas por ser uma inevitável realidade, acho que convém reflectirmos sobre a valorização do que nos representa de facto, como já o vem sendo feito por diversas iniciativas vistas, mas que ainda precisa mais. O Projecto Memória Macaense é uma destas iniciativas, é um esforço, é um pequeno gesto mas feito de coração, não teria efeito nenhum se você não estivesse lendo este texto, além das colaborações recebidas.

A história dos Macaenses do Rio de Janeiro é contada no livro "Macau Somos Nós", editado pelo Instituto Internacional de Macau.  Houve semelhante tentativa em São Paulo, porém, por, o que se poderia dizer, "acidentes de percurso" , não foi possível a sua concretização até a presente data.
Enquanto esta, ou qualquer outra iniciativa, com este objetivo, ainda não tiver sido concretizada, o Projecto Memória Macaense se propõe a preencher este vazio da história dos Macaenses de São Paulo.
O redator não é nenhum catedrático, mas com o que aprendeu no Seminário de São José e a sua vivência na terra de língua portuguesa, o Brasil, tentará, entre tropeços e erros, escrever um pouco da História de Todos Nós. Acredita que não há quem a responsabilizar, todos tiveram boas intenções e boa vontade, apenas que, por enquanto, não foi possível a concretização da tão nobre iniciativa.