Projecto Memória Macaense

24 de Junho de 2010, nasce um portal renovado, um novo ciclo de vida

31/Julho/2010

Faz pouco mais de um mês, que o portal Projecto Memória Macaense com cara nova foi lançado. Aos poucos o conteúdo do site antigo vai sendo transferido para cá, e com algumas alterações no seu editorial.  Aproveitando a renovação, alguns novos itens vão sendo acrescentados.  Esta é a intenção.

O perfil do PMM vai sendo adaptado para tentar ser mais abrangente, pouco a pouco.  Saibam entender o conteúdo ainda pequeno.  Mas este é o caminho.  Tenho que acreditar no meu trabalho neste portal.  É preciso sobreviver ao longo tempo de existência na internet, que pode corroer a disposição e a criatividade, e tenho que superar intempéries no trajeto.  Tempestades sempre acontecem no caminho de qualquer iniciativa.  Uns vêm, ficam algum tempo, se regozijam, mas se não tiver sustentabilidade, esvaecem.  O PMM acredita que ter um site macaense é não procurar competir, não falar de números, mas o que o coração manda que fale, pois de outra forma pode não traduzir o que prega e coloca a vida dele em risco. Tanto que o PMM não visa ganhos financeiros, assim, este item não é motivo de lamentações e muito menos é primordial para a sua existência.  O PMM é uma marca, não quer e nem pode ser exclusiva, mas é uma referência dos macaenses, tanto naturais ou não.  O importante que tenham uma ligação com a vida em Macau.  E o importante é dar espaço para que, quanto mais GENTE puder ser divulgada, melhor.  Procura ser um espaço aberto, mas depende da sua participação, espontânea ou não.  Pois, tenha certeza não é um espaço fechado para certas pessoas ou grupo.


24/Junho/2010

Bem-Vindo ao novo portal do Projecto Memória Macaense / PMM !!! Escolhi o dia 24 de Junho para inaugurar o novo visual do site, visto que o motivo original e principal da sua criação foi para manter viva na memória dos macaenses, a histórica bandeira do Leal Senado que tem as suas origens na data.

 

 

Na prática o novo site é o mesmo do original, cujo termo é mais simpático que o “antigo”.  O mesmo, seria pelo endereço eletrônico de acesso, bastando acrescentar o nome do Projecto Memória Macaense, além do que, o Provedor não mudou. Mas, pelos 7 anos de experência, completados no dia 5 de Junho de 2010, o teor do conteúdo adapta-se ao tempo neste espaço renovado.

 

 

Projecto Memória Macaense hoje é uma marca.  No início, tinha uma função estritamente ligada à “memória”, mas ao longo do tempo, acabou ampliando o teor da sua divulgação.  A memória passou também a ser divulgada por outros sites e blogs, num bonito esforço da gente macaense, para falar e lembrar das suas vivências e memórias de Macau. Assim, firmado como uma marca, o PMM com o portal renovado, na medida possível, procurará ampliar novos horizontes.

 

 

Era necessário a renovação do PMM, pois, por ser uma iniciativa puramente pessoal e com um editorial independente, imprescindivel buscar novas motivações para manter vivo este espaço de um macaense português residente no Brasil.

 

 

Esta é a 1ª. fase da renovação do visual e conteúdo, devido à quantidade de páginas e extenso conteúdo, precisaria de um bom tempo para tratar página por página. Assim, para não retardar ainda mais o lançamento do novo visual, parte do conteúdo ainda não transferido, será visualizado no site original.

 

 

Quando concluída toda a transferência do conteúdo, o site original existirá como uma espécie de “museu”, preservado para memória do que foi uma iniciativa, em 2003, quando ainda sensibilizado com a transição, viu-se a necessidade de lembrar uma linda história que durou cerca de 420 anos na vida desta nossa terra, Macau !!!

 

 

Rogério P.D. Luz

24/Junho/2010

 

 

 

nota: Eventualmente poderá ocorrer incompatibilidade com o seu navegador. Melhor visto com o Mozilla Firefox, Internet Explorer 8 ou recente, Google Chrome, Safari.  Imagens ou o mapa do Google poderão não aparecer ou o upload demorar.  Se quiser relatar problemas de navegação, envie-me um email

 

Aos poucos vão sendo feito os acertos típicos de início de construção de sites, bem como o provedor vai melhorando as suas ferramentas, pois são novas com cerca de 1 ano de vida apenas.